a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 637, referente ao período de 17 a 23 de setembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 26 de agosto de 2017

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - Tereza Nogueira, confissões na tarde timbaubense

Daslan Melo Lima

>>>>> Tereza Nogueira, a delegada-cantora, natural de Petrolina, já conquistou Timbaúba e vai conquistar o Brasil, quiçá o mundo.

Tereza Nogueira, à vontade diante das câmaras, como se fosse uma modelo 
----------
Tereza Nogueira e eu, pausa para um flash na tarde timbaubense
----------

          Foi numa tarde fria de julho, na casa timbaubense da produtora musical Regina Glória, que conhecei pessoalmente a delegada e cantora Tereza Nogueira. A minha amiga ​Regina Glória está radicada há anos em Portugal e de vez em quando vem matar a saudade do Brasil, agora com mais frequência por conta de sua atividade profissional, assessorando as carreiras musicais de talentos como o de Tereza Nogueira.


Regina Glória e Tereza Nogueira
----------
          Conversar com Tereza Nogueira e ouvi-la falar da sua trajetória, foi uma grande satisfação. Natural de Petrolina, a delegada migrou com a mãe e um irmão para o Recife aos 12 anos de idade. Aos 14 já trabalhava como serviços gerais numa loja para ajudar nas despesas de casa. A música era algo que estava lá dentro do seu coração, pronta para ser externada, o que só veio acontecer anos depois. Aprovada para cursar Direito numa instituição particular, a Unicap, Universidade Católica de Pernambuco, não tinha ideia de como faria para pagar a alta mensalidade. “Eu escolhi o Direito em busca de uma segurança financeira. A gente passou por muitas dificuldades no Recife. Eu não podia cantar durante a noite ganhando apenas R$ 30. Por isso, tive que optar pela área jurídica por ser minha segunda vocação”, confessou emocionada.
          De repente, na fila da matrícula, um cartaz lhe chamou a atenção. Tratava-se de uma seleção para compor o grupo artístico MPB Unicap.  Os selecionados ganhariam, nada mais, nada menos, do que uma bolsa de estudos integral. E eis que Tereza Nogueira, com seu timbre de voz mezzo-contralto, foi aprovada. Um sonho.
         Terminado o curso de Direito, focou sua energia para se preparar para o concurso de Delegado de Polícia Civil, pois não poderia se dar ao luxo de apostar totalmente na música como alternativa primordial. Aprovada no concurso, carreira consolidada, eis que surge Tereza em 2013, lançando seu primeiro cd intitulado ‘Madrugada Fria’, com 13 músicas, sendo 11 delas composições próprias, em parceria com o esposo Gustavo Coelho. O CD foi gravado no Recife e masterizado em Londres, no mesmo estúdio dos Beatles, o Abbey Road. O trabalho foi dirigido por Renato Bandeira, músico da SpokFrevo Orquestra, além da assinatura de grandes nomes da música do Recife.




         A forma como Tereza Nogueira concilia a atividade de delegada com a de cantora desperta muita curiosidade, tanto que isso a levou para o programa Encontro com Fátima Bernardes, na TV Globo, há três anos. Quando da nossa entrevista, Tereza tinha show agendado no Bar do Animal,  em Timbaúba, mas antes, a mais nova sertaneja do Brasil ia  lançar seu EP, no Senhor Chopp, Recife. 
        Se depender da sua determinação, carisma e talento, daqui a pouco a cantora e compositora vai ganhar todo o Brasil, quiçá o mundo.

*****

Um pouco de Tereza Nogueira no São João de Timbaúba, Pernambuco
www.youtube.com/watch?v=g6dqvfLgHlo
/////
----------

Nenhum comentário: