a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 641, referente ao período de 15 a 21 de outubro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 28 de dezembro de 2013

SESSÃO NOSTALGIA - Adeus, Rejane Goulart, Miss Brasil 1972. Adeus, menina do bairro do Areal

Daslan Melo Lima

Rejane Vieira Costa (Rejane Goulart), Miss Brasil 1972 - Manchete, 15/07/1972.
    
     Na quinta-feira, 26, no Hospital Rio Mar, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, morreu uma das minhas deusas, a gaúcha Rejane Vieira Costa (Rejane Goulart), Miss Brasil e vice-Miss Universo 1972, vítima de um AVC sofrido no dia 24.  A família só confirmou a morte de Rejane na manhã do sábado, 28/12. Embora o seu coração tenha deixado de bater na noite de sexta-feira, 27, os médicos tinham atestado sua morte cerebral desde o dia anterior. Rejane tomava remédios para hipertensão arterial e ainda se recuperava de um tombo que lhe causou em abril uma cirurgia e placas e pinos nas pernas. Rejane atuou no cinema e na televisão. 

      
      Rejane foi estrela do filme Negrinho do Pastoreio, dirigido por Antonio A.Fagundes, atuando ao lado de Grande Otelo e Brenno Melo, e trabalhou  em várias novelas, tais como  Felicidade, A Viagem e Era Uma Vez, na Rede Globo, e Ribeirão do Tempo, na TV Record. Ela tinha dois filhos: Rodrigo Goulart, fruto do seu  casamento com o engenheiro Rubens Andrade Goulart, e Júlia Granato, da sua união com  Ítalo Granato, diretor de produção da Rede Globo. 

     Aqui, uma ligeira observação: o nome de Rejane Goulart (nome artístico, manteve o Goulart depois do fim do seu casamento com Rubens) aparece às vezes na mídia como Rejane Vieira da Costa e não Rejane Vieira Costa, como consta nas revistas que fizeram a cobertura do Miss Brasil 1972, mas na revista Manchete sobre as reportagens do Miss Universo 1972, o seu nome foi escrito como Rejane Vieira Couto

Em abril, Rejane sofreu um tombo e teve de fazer uma cirurgia para colocação de placas e pinos nas pernas. No dia 7 daquele mês, ela postou estas imagens no seu Facebook com o seguinte comentário:  Ficarei com elas para sempre!!! Horrível não é mesmo??

       Nascida em 15/11/1954, em Cachoeira do Sul, e criada em Pelotas, Rejane era uma moça de família humilde que trabalhava de dia, como vendedora numa loja de calçados, e estudava de noite. Moradora de uma rua sem calçamento do bairro do Areal, a jovem viu a sua vida mudar totalmente quando foi convidada para participar do concurso de Miss da sua cidade. Em 06/06/2009, dediquei a ela a SESSÃO NOSTALGIA, "A Cinderela dos anos setenta",  http://passarelacultural.blogspot.com.br/2009/06/sessao-nostalgia.html

Rejane Vieira Costa, Miss Brasil 1972 ***** Manchete, 08/07/1972

Top 3 do Miss Brasil 1972 - Ângela Maria Favi, Miss São Paulo, segundo lugar; Rejane Vieira Costa, Miss Rio Grande do Sul, primeiro,  e Jane Macambira, Miss Guanabara, terceiro lugar. ***** Foto: Manchete, 08/07/1972. ***** Detalhe: Ângela Maria Favi faleceu no dia 28/06/2003, aos 49 anos de idade, em sua cidade natal, Araçatuba, SP, vítima de câncer nos pulmões. Era casada com o empresário Hélio Fogolin e deixou dois filhos,Hélio Fogolin JR e Karina Fogolin.

Uma foto histórica - Da esquerda para a direita, Maria da Glória Carvalho, Miss Guanabara/ terceira colocada no Miss Brasil/Miss Beleza Internacional 1968;  Rejane Vieira Costa, Miss Rio Grande do Sul/Miss Brasil/vice-Miss Universo 1972; e Lúcia Tavares Petterle, Miss Guanabara/vice-Miss Brasil/Miss Mundo 1971. ***** (Manchete, 08/07/1972).



Top 5 do Miss Universo 1972 - Da esquerda para a direita, Jennifer Mary McAdam, Miss Inglaterra, quinto lugar; Rejane Vieira Costa, Miss Brasil, segundo; Kerry Annes Wells, Miss Austrália, primeiro; Maria Antonieta Cámpoli Prisco, terceiro; e Ilana Goren, Miss Israel, quarto lugar. ***** Foto: O Cruzeiro.***** Confira neste link a chamada do Top 5 e as perguntas feitas às finalistas, http://www.youtube.com/watch?v=5XR4SHWmnO8

Rejane Vieira Costa e Kerry Anne Wells
-----

Como vendedora de calçados da empresa Casas Procópio, em Pelotas, RS, Rejane ganhava, em moeda da época, trezentos cruzeiros por mês. Ao posar com o noivo Rubens Andrade Goulart, estudante de engenharia,  para O Cruzeiro, de 18/07/1973, a revista informava aos leitores que "Beleza que só fez ser apurada nesse ano de reinado, Rejane Vieira Costa não é apenas o manequim requsitado pelos grandes acontecimentos do Sul. Moça dinâmica, ela é hoje diretora executiva da imobiliária Princesa do Lar, de Porto Alegre, recebendo do presidente da empresa, sr. Nelson Luís da Silveira, total apoio em todas as suas atividades, que lhe rendem um salário de cinco mil cruzeiros."  
-----


Sua atitivade de modelo rendeu várias capas de revistas, mostrando uma mulher segura de si, confiante, diferente da garota tímida que foi eleita Miss Brasil 1972. 

-----

Da esquerda para a direita, Júlia Granato e Rodrigo Goulart (filhos de Rejane), Rejane Goulart e sua irmã Janice Vieira Costa, em 31/05/2010. ***** Foto: Facebook. 

"Eu, meu irmão Rodrigo Goulart, minha tia Janice Vieira Costa, meu tio Jefferson Vieira Costa, minha avó Iracy Vieira e toda a família agradecemos o apoio, carinho e orações recebidas, que nos impulsionam a ainda ter forças para enfrentar este momento. Venho informar que a cremação da minha querida Mãe ocorrerá na data de hoje, às 15:00h, no Crematório do Caju. Não haverá velório, apenas uma curta cerimônia com duração aproximada de 1 hora. Obrigada, mais uma vez. Julia Granato " *****  (Mensagem de Julia Granato, Facebook, manhã de 28/12/2013).
-----
"Mesmo após a morte, Rejane vai continuar ajudando pessoas. É que a família optou pela doação de órgãos e agora aguarda a avaliação de que órgãos poderão ser doados." ***** Fonte: http://entretenimento.r7.com , 27/12/2013.

------


      Perdoe-me Senhor, mas acho que ninguém deveria partir para a Grande Viagem nesta época do ano. Permita-me, Senhor, imaginar que uma faixa diferente, um manto especial, uma coroa singular e um cetro iluminado estão revestidos de eternidade para adornar nossa Miss Brasil 1972. Permita-me, Senhor, cantar o meu canto de nostalgia banhado de esperança, enquanto o ano de 2013 vai se despedindo da passarela das nossas vidas.

     Adeus, Rejane Goulart! Adeus, Rejane Vieira Costa, Miss Pelotas/Miss Rio Grande do Sul/Miss Brasil/vice-Miss Universo 1972! Adeus, menina do bairro do Areal.
*****
___Leia também 

SESSÃO NOSTALGIA - Rejane Vieira Costa (Rejane Goulart), a cinderela dos anos setenta


                                 *****

4 comentários:

Anônimo disse...

Daslan,

a ficha ainda não caiu. Vai demorar um pouco para eu acreditar que a Rejane Vieira da Costa nos deixou tão cedo.

Você tem razão ao questionar o Senhor, sobre o porquê das pessoas morrerem num período tão especial como é a transição dos dias que separam o Natal do Ano Novo.

Muciolo Ferreira

Anônimo disse...

Espeo que seus filhos encontrem as forças necessárias para superar querida perda. O tempo vai passar e o sofrimento vai se amenizar. Vão permanecer as lembranças, que certamente são muitas. Lamento a perda.

Anônimo disse...

Linda mesmo após a partida, doando órgãos aos necessitados. Deus a receba em sua eterna glória. À família, minhas sinceras condolências. ETERNAMENTE LINDA!

Júlio T. Motta disse...

Sem exagero nenhum , nunca vi tamanha beleza como a da Rejane.Era espetacularmente LINDA e merecia ganhar o miss universo . Fica o meu respeito e a minha admiração para essa deusa da beleza universal.